Disfunção erétil: a frase mais temida pelos homens

Disfunção erétil: a frase mais temida pelos homens

Falar sobre a disfunção erétil hoje ainda é um assunto tabu para muitos, e isso é apenas um produto de desinformação sobre ela, conseguindo intensificar preconceitos tanto em homens quanto em mulheres, e isso ocorre porque homens e mulheres podem ser afetados ou não quando esta situação está presente em seu relacionamento.

Às vezes, a disfunção erétil ou problemas de ereção masculina estão associados à falta de desejo sexual, mas nem sempre é esse o caso. Muitos homens que têm um problema de ereção não é necessariamente o produto de uma falta de libido, também pode ser devido a problemas fisiológicos e até por causa do desejo intenso para a pessoa para quem eles são atraídos.

A disfunção erétil afeta de uma forma ou de outra a saúde sexual dos homens e seus relacionamentos, já que eles não conseguem atingir a plena satisfação, devido à incapacidade de manter uma ereção. Agora, se em vez de olhar para ele como um problema, o medo é deixado de lado e posto em prática, muitos seriam os modos de remover essa situação que afeta o homem em sua vida sexual.
Você tem problemas com sua ereção durante o ato sexual e não sabe as razões?

Muitas são as causas que podem produzir a ausência de uma ereção constante durante o ato sexual que permita atingir o orgasmo produzindo plena satisfação nas partes envolvidas.

Artigo relacionado: Viagra Genérico (Sildenafil) sem Prescrição, a bom preço no México

Especialistas da área indicam que isso pode ocorrer como resultado de distúrbios vasculares, neurológicos, psicológicos, hormonais, ou mesmo dos mesmos produtos químicos ingeridos em medicamentos, alimentos processados, entre outros.

Na medicina, esta condição não classifica uma doença, no entanto, se ela pode ser determinada como uma patologia que afeta física e emocionalmente o homem. Vamos ver alguns deles:

Hipertensão : quando a pressão arterial é muito alta, o sangue é expelido com maior força do coração e viaja mais rapidamente o corpo, o que impede que ele alcance e permaneça no pênis causando uma ereção.

Diabetes : leva o homem a ser mais propenso a sofrer disfunção erétil por estar mais exposto a uma lesão arterial, lesão neurológica e alteração hormonal, sendo esta última responsável pela diminuição da testosterona , desvanecendo a libido e produzindo alterações no funcionamento do pênis.

Colesterol alto : ser uma gordura que se acumula nas paredes das artérias pode entupir e danificá-las. Nesse sentido, o sangue nunca pode atingir o pênis (ou haverá pouco, não o suficiente) para produzir a ereção antes do estímulo para isso.

Consumo de medicamentos: alguns medicamentos causam disfunção erétil no consumidor, como anti-hipertensivos, antidepressivos, psicotrópicos, antipsicóticos, ansiolíticos, analgésicos opioides, hormônios esteróides e antineoplásicos.

Consumo de medicamentos: alguns medicamentos causam disfunção erétil no consumidor, como anti-hipertensivos, antidepressivos, psicotrópicos, antipsicóticos, ansiolíticos, analgésicos opioides, hormônios esteróides e antineoplásicos.

Causas psicológicas: circunstâncias externas podem afetar proporcionalmente a ereção adequada em homens para levar o ato sexual a uma conclusão feliz. Essas circunstâncias podem ser resultado de estresse, ansiedade, preocupações e até mesmo como já alertamos inicialmente pelo medo de não satisfazer o casal sem diminuir o intenso desejo sexual sentido por ela.

Você já identificou a causa que causa sua disfunção erétil? Receba o tratamento certo

Quando um homem começa a experimentar uma mudança na qualidade de sua ereção, ele tende a experimentar insegurança em si mesmo como consequência de não entender o que está acontecendo com ele e o medo de fracassar, distanciando-o do tratamento adequado e perfeito para ele, de acordo com seu caso. Por sua vez, afeta proporcionalmente a pessoa com quem você tem um relacionamento afetivo, porque a mensagem que parece enviar para ele é a ausência de desejo.

A primeira coisa a fazer nesses casos é deixar de lado o tabu e discuti-lo, seja com o casal ou buscando ajuda médica, assim você pode identificar a causa que causa a disfunção erétil e aplicar o tratamento apropriado.

Artigo relacionado: Comprar Cialis de 5 mg, 10 mg e 20 mg em Farmácia no México

Se as razões que causam a disfunção erétil são devidas a causas fisiológicas, ela começa a ser notada nas ereções matinais. Se, ao contrário, elas são uma consequência de circunstâncias externas ou psicológicas, então a impotência existirá enquanto durar.

No entanto, nenhuma das causas que a produzem deve ser subestimada, pois de uma forma ou de outra elas afetam a psique do homem. A melhor maneira de evitar qualquer uma das duas suposições é mudar o estilo de vida que afeta negativamente a saúde.

Leia também: Viagra Natural

O esporte e uma dieta saudável e equilibrada não só podem prevenir a disfunção erétil em homens, mas também ajudam no tratamento apropriado quando você o tem, com apoio psicológico, se necessário e tratamentos farmacológicos e, em casos extremos, as intervenções cirúrgica, conforme apropriado.

As recomendações do médico nunca podem estar ausentes, isso evitará problemas de tensão, diabetes e colesterol no sangue, uma vez que na maioria das vezes quando você tem dificuldade em ter uma ereção você está na presença de uma doença desconhecida. A coisa realmente importante é que a disfunção erétil tem tratamento, você não deve ter medo de falar sobre isso, tem que deixar de lado os preconceitos e avançar para o gozo de uma saúde sexual que seja um complemento à vida.
Artigo seguinte

Casa Disfunção erétil Prevenção da Disfunção Erétil C

Casa Disfunção erétil Prevenção da Disfunção Erétil C

Homem interessado em como prevenir a disfunção erétil andando pela praia com seu parceiro

A disfunção erétil (DE) é muito comum. Isso afeta muitos homens acima de 40 anos, mas é bastante comum para homens mais jovens também.

Existem várias maneiras diferentes de evitar e tratar a disfunção erétil, incluindo mudanças no estilo de vida, medicação e uso de dispositivos.
O que posso fazer para evitar a disfunção erétil?

Leia também: Remédio para impotência

Existem algumas maneiras fáceis de evitar a disfunção erétil ( disfunção erétil), uma das quais é ajudar você a se excitar e ficar excitada . Quando você está envolvido em uma situação sexual, seus sentidos e conforto desempenham papéis importantes na obtenção e manutenção de uma ereção .

Algumas maneiras de ajudar a melhorar a excitação são:

Preliminares com o (s) seu (s) parceiro (s)
Reduzindo os níveis de estresse por não pensar em trabalho ou outros problemas. Tente e concentre-se no presente
Tentando coisas novas com seu (s) parceiro (s) e mantendo a comunicação aberta entre você

Se você bebe muito ou toma drogas recreativas, isso também pode ser uma razão para você ter uma disfunção erétil. Estes efeitos podem continuar mesmo quando os efeitos da substância parecem ter passado, por isso certifique-se de levar isso em consideração se estiver com ED. Fale com seu médico ou médico on-line se estiver achando difícil beber ou usar drogas ilícitas.

Outra abordagem para evitar a disfunção erétil são alguns exercícios simples do assoalho pélvico , também conhecidos como exercícios de Kegel. Estes podem ajudar a melhorar o fluxo sanguíneo para o pênis e fortalecer os músculos ao redor da virilha. Você pode fazer isso quase em qualquer lugar – apertar os músculos pélvicos e segure por 5 segundos, e depois solte. Repita estes exercícios algumas vezes com um descanso no meio e mude de posição entre sentar e ficar de vez em quando. Você deve repetir esses exercícios de 2 a 3 vezes por dia para obter o máximo benefício deles.
Ordem tratamento da disfunção erétil
4 embalagens de 50mg Pfizer Viagra comprimidos revestidos por película
Viagra

a partir de £ 32,00
4 pacote de 50mg de citrato de sildenafil comprimidos revestidos por película
Sildenafil

a partir de £ 15,00
frente do pacote contendo 4 comprimidos revestidos por película de 50mg Viagra Connect
Viagra Connect

a partir de £ 19.99
4 embalagens de Cialis 10mg tadalafil comprimidos revestidos por película
Cialis

a partir de £ 45,00
Ver todos os tratamentos
Como faço para parar minha saúde física afetando minhas ereções?

A disfunção erétil (DE) pode ser causada por algumas causas físicas diferentes. Os mais comuns são diabetes , pressão alta e colesterol alto . Se você achar que não consegue obter ou manter uma ereção, pode ser útil conversar com seu médico sobre a realização de exames para causas médicas, especialmente se você ingerir muito álcool ou se não tiver a dieta mais saudável.

Se você toma medicação regularmente, pode ser que o ED seja um dos seus efeitos colaterais – por isso, vale a pena verificar cuidadosamente os seus medicamentos para ver se isso está listado. Alguns medicamentos comuns que são conhecidos por causar ED são:

Medicamentos para pressão alta e diuréticos
Antidepressivos e ansiolíticos
Anti-histamínicos
Antiinflamatórios não-esteróides, como Naproxeno
Medicamentos quimioterápicos
Relaxantes musculares

Se você está com disfunção erétil e acha que sua medicação pode ser a causa, é importante que você não pare de tomar seus medicamentos, mas consulte seu médico sobre os sintomas, pois eles podem prescrever uma medicação alternativa.

Ser fisicamente saudável é uma das melhores maneiras de evitar a disfunção erétil. É uma boa ideia:

perder peso se você estiver com excesso de peso
pare de fumar se você fuma
exercício diário
coma saudavelmente
tente encontrar maneiras de reduzir a ansiedade e o estresse

Manter-se ativo e ter um estilo de vida saudável ajudará a melhorar seu bem-estar físico e psicológico, bem como os sintomas de disfunção erétil.

Algumas pessoas acreditam que níveis baixos de testosterona podem causar disfunção erétil. Se você está pensando em receber a terapia de reposição de testosterona (TRT), é importante saber que a baixa testosterona é rara e nem sempre afeta o desejo sexual ou a capacidade de ter uma ereção. O tratamento só deve ser iniciado por um especialista depois de você ter testado e aconselhado adequadamente sobre o tratamento.

Muitos homens consideram tomar TRT para melhorar os sintomas da disfunção erétil. Mas há muitas outras causas possíveis, e é mais provável que a disfunção erétil esteja ligada a outras causas físicas, de estilo de vida ou psicológicas .
Como faço para parar meu estado mental afetando minhas ereções?

Se você está se sentindo ansioso sobre sexo ou seu desempenho sexual, isso pode afetar o seu bem-estar mental. Essa ansiedade pode ser uma causa da disfunção erétil (DE). Se isso acontecer para você, você pode achar que um conselheiro pode oferecer alguma ajuda. Essa pode ser uma maneira de ajudar seu estado mental a afetar suas ereções.

É importante cuidar da sua saúde psicológica e emocional . Ser honesto e aberto sobre o que você está passando é um bom primeiro passo, especialmente se você estiver com sintomas de depressão ou ansiedade. Falar com o seu médico é uma boa ideia, porque eles podem ajudá-lo a encontrar opções de tratamento e podem encaminhá-lo para um conselheiro de saúde mental.

Dificuldade em manter uma ereção acontece de tempos em tempos e muitas vezes não tem causas subjacentes. É muito comum e nem sempre significa que alguma coisa está errada . Às vezes, tudo o que você precisa é tentar coisas novas com seu (s) parceiro (s) e se concentrar em maneiras de ajudar o trabalho sexual para você. Concentrar-se em experiências passadas de perda de ereções pode aumentar os sentimentos de ansiedade.

Se você foi diagnosticado com depressão e está tomando antidepressivos , é importante estar ciente de que eles podem causar baixo desejo sexual e / ou ED como efeitos colaterais. Fale com o seu médico se achar que está tendo esse efeito colateral, pois eles podem encontrar uma medicação alternativa ou alterar sua dosagem. Mas, não pare de tomar sua medicação sem falar com seu médico primeiro.
Como evito a disfunção erétil com um parceiro específico?

Enquanto você está trabalhando as causas de sua disfunção erétil (DE), é importante que você considere seu (s) relacionamento (s) com seu (s) parceiro (s) sexual (is).

Experimentar ED com um parceiro específico não significa que você não esteja atraído por eles (embora seja uma possibilidade). Tente não sentir que as ereções são necessárias para se envolver sexualmente com alguém . Isso pode ajudar a aliviar qualquer pressão que você esteja sentindo e pode ajudá-lo a obter e manter as ereções mais facilmente.

É importante que você se comunique e saiba como se sente . Muitos parceiros acham que se comunicar sobre sexo e assuntos emocionais pode ser difícil, mas não fazer isso pode aumentar a ansiedade e a decepção.

Tente não evitar sexo para evitar disfunção erétil . Isso pode levar a uma ansiedade ainda maior. Tente resistir ao impulso de evitar falar sobre isso e, em vez disso, explore novas maneiras de ter contato sexual em vez de parar completamente. Continue se comunicando e seja aberto com seu parceiro e continue tentando.
Você pode obter tratamento para prevenir a disfunção erétil?

Cialis Daily é semelhante ao tratamento preventivo . Se você costuma achar que não pode obter ou manter ereções e deseja fazer sexo regularmente, então pode experimentar o Cialis Daily. Você toma todos os dias, por isso deve ajudá-lo a obter e manter ereções a qualquer momento.

Existem também alguns outros medicamentos que geralmente funcionam bem . Eles não são estritamente ‘preventivos’, mas se você experimenta regularmente disfunção erétil, há uma série de tratamentos prescritos disponíveis:

Viagra ( sildenafil )
Cialis
Levitra
Spedra

Esses medicamentos funcionam basicamente da mesma maneira. Todos eles aumentam o fluxo sanguíneo para o pênis, mas eles só funcionam se você estiver sexualmente excitado. Estes tratamentos são adequados apenas se você tiver disfunção erétil com frequência e o médico concordar que eles são seguros para você. Uma boa opção para escolher pode ser ‘on demand’ Cialis ( tadalafil ), já que leva cerca de 30 minutos para entrar em vigor e pode durar até 36 horas .

Você pode ter uma condição que pode causar disfunção erétil como um sintoma, como pressão alta, colesterol alto, depressão e / ou ansiedade. Certificar-se de que você está gerenciando bem essas condições pode ajudá-lo a evitar o ED . O seu médico poderá ajudá-lo, e eles podem decidir ajustar o seu tratamento, se necessário.
Devo pegar um aparelho como uma bomba de pênis, só por precaução?

Se você está preocupado com a disfunção erétil, considere comprar um dispositivo para ajudar. Você não precisa ser avaliado por um médico para comprar uma bomba de pênis ou um anel de pênis . Foi demonstrado que as bombas penianas funcionam como um tratamento para a disfunção erétil, mas há apenas uma pequena evidência de que os anéis penianos funcionam.

Mesmo se você foi diagnosticado com disfunção erétil (ED), uma bomba peniana pode ser a opção de tratamento ideal para você. Você poderia tentar bombas de pénis ou anéis de pênis se você não está interessado em tomar medicamentos ou se os medicamentos não são certos para você por causa de seus outros medicamentos ou condições de saúde.

Intervenções para disfunção sexual após tratamentos para câncer fundo

Intervenções para disfunção sexual após tratamentos para câncer fundo

Nas mulheres, a disfunção sexual é uma complicação potencial de muitos tipos de tratamentos contra o câncer.

Esta revisão avaliou a eficácia de tratamentos (intervenções) de qualquer tipo, por exemplo drogas ou exercício, para tratar a disfunção sexual em mulheres após o tratamento do câncer.

A revisão é uma atualização de um publicado em 2007 que avaliou a eficácia das intervenções para homens e mulheres. Decidimos apresentar essa revisão revisada separadamente para mulheres, devido ao aumento no número de tentativas. Outra revisão para homens está em andamento.

Leia também: Estimulante sexual masculino qual é o melhor

Características do estudo

Identificamos 11 novos ensaios sobre intervenções para mulheres em setembro de 2015. Excluímos um estudo que foi incluído na versão anterior desta revisão porque avaliou o tratamento para prevenir a disfunção sexual e deixou de ser relevante para essa revisão. Intervenções diferiram em seu conteúdo e como os pesquisadores mediram benefício. Oito das intervenções envolveram apoio psicológico, como aconselhamento em questões sexuais ou apoio de colegas. Um dos outros era de um creme de testosterona, outro testava um gel vaginal com pH equilibrado e o outro era de exercício no assoalho pélvico. Os resultados de seis dos ensaios são fracos porque envolveram um pequeno número de mulheres.

Resultados chave

Nos ensaios, o impacto na função sexual foi diferente. Isso dificulta a obtenção de conclusões claras. Por exemplo, naqueles que avaliaram um tratamento de suporte psicológico, quatro estudos descobriram que melhorou algumas medidas da função sexual, mas não outras, mas cinco descobriram que ela não melhorava a função sexual de acordo com qualquer uma das medidas utilizadas. Para as outras intervenções testadas, apenas o teste do gel vaginal encontrou melhorias na função sexual e nenhum efeito colateral foi relatado. Apenas uma das intervenções psicológicas relatou que nenhum dano ocorreu por causa da intervenção. Os outros ensaios de apoio psicológico não avaliaram o dano. Esta é uma lacuna importante, pois algumas mulheres podem achar desagradável discutir problemas sexuais pessoais como parte de seu tratamento.

Outras avaliações são necessárias para todas as intervenções. Estudos atuais apenas exploraram a eficácia em mulheres com câncer ginecológico e mamário, mas há um risco de problemas sexuais após tratamentos para outros tipos de câncer. Novas avaliações precisam envolver um número maior de participantes.

Conclusão dos autores: